Vem ¨pro¨ Magalu..:Luizacred deve indenizar cliente por inscrição de dívidas prescritas no SCR

O Sistema de Informações de Créditos (SCR) do Banco Central é considerado uma instituição restritiva de crédito, por avaliar a capacidade de pagamento do consumidor. Assim, a 4ª Vara Cível de São Paulo condenou a sociedade de crédito Luizacred — gerida pela varejista Magazine Luiza e pelo banco Itaú —, a indenizar em R$ 10 mil um cliente inscrito no sistema por dívidas prescritas. O consumidor ,celebrou contrato de financiamento para aquisição de bens em duas Ler mais…

Por anucc, Há

Cobrança Indevida| Negativação Indevida| Divida Prescrita

É comum a venda de “dívidas antigas” pelos bancos, financeiras, lojas ,etc. à fundos de investimentos ou a empresas de cobranças. Essas empresas adquirem essas “dívidas antigas” através de cessão de crédito, compram lotes de créditos vencidos e não pagos. Os bancos, financeiras, lojas, etc. detentoras desses créditos, não querem perder tempo com cobranças de dívidas antigas, e vendem esses créditos, por valores bem baixos, aos fundos de investimentos ou a empresas de cobranças interessados. Ler mais…

Governo de SP aprova Projeto de Lei que proíbe a oferta de empréstimos por telefone

Medida é valida para aposentados e pensionistas; o descumprimento da Lei pode gerar multa de até R$ 58 mil     O governador do Estado de São Paulo, João Dória (PSDB), aprovou o Projeto de Lei de autoria do deputado Alex de Madureira (PSD), que proíbe as instituições financeiras de ofertar e celebrar, por meio da ligação telefônica, contratos de empréstimos para aposentados e pensionistas. Informação foi divulgada no Diário do Estado de São Paulo da última quinta-feira, 25. Dessa forma, correspondentes bancários Ler mais…

Serasa é condenada a indenizar consumidora que teve dívidas prescritas incluídas em plataforma “Limpa Nome”

A Serasa e um fundo credor  foram condenados pela Justiça de São Paulo a indenizar, em R$ 10 mil, uma consumidora que teve dívidas prescritas incluídas na plataforma “Serasa Limpa Nome”. A consumidora processou a empresa alegando que a inclusão de seu nome na plataforma configura abuso de direito e perturbação do sossego, além de impactar negativamente a análise de risco de crédito(score) e prejudicar seu acesso ao mercado. A desembargadora do Tribunal de Justiça de São Paulo, destacou na decisão que, embora Ler mais…

Serasa deve indenizar consumidor por manter seu telefone em cadastro

O artigo 7º, inciso X, da Lei 13.709 (LGPD), permite o tratamento de dados pessoais para proteção ao crédito, de forma involuntária, sem consentimento do interessado, mas a normativa não se aplica a divulgação de números de telefone de consumidores. Juiz entendeu que artigo da LGPD que permite uso de dados pessoais para proteção do crédito de forma involuntária não se aplica a número de telefone Com base nesse entendimento, o juiz Luiz Fernando Cardoso Dal Ler mais…

Os aposentados e pensionistas do INSS estão cada vez mais animados com a notícia da  possível liberação do 14º    salário para este ano

Caso seja aprovado, o 14º salário dos aposentados e pensionistas do INSS poderá ser pago em 2021, 2022 e 2023. A possibilidade ocorre pois a Câmara dos Deputados tem avançado significativamente a liberação do Projeto de Lei 4367/2020 que pede a criação de um abono anual (14º salário) em favor dos aposentados e pensionistas do Regime Geral de Previdência Social. ATENÇÃO!!! NÃO CAIA NO GOLPE DO 14º SALÁRIO O 14º salário dos segurados do INSS Ler mais…

Banco deve indenizar por consignado não autorizado

Aposentada teve parcelas descontadas indevidamente de seu benefício Uma aposentada, que teve crédito consignado depositado em sua conta sem o seu consentimento, deverá ser indenizada por instituição bancária em R$ 10 mil por danos morais. Em virtude do empréstimo não solicitado, ela teve parcelas descontadas de sua aposentadoria. O banco deverá também restituir em dobro os valores descontados indevidamente. Em primeira instância, sentença da Comarca de Januária julgou procedentes os pedidos da aposentada e determinou Ler mais…

Problemas com o banco rendem indenizações de até R$ 10 mil

Queixas contra bancos representa 26% do total de reclamações Quem reclama tem conseguido até de R$ 10 mil em indenizações em São Paulo Especialistas dão dicas para conseguir comprovar problema de forma mais fácil Do total de queixas feitas por consumidores no ano passado, 22,6% delas foram contra instituições financeiras, segundo levantamento do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor). E essas pessoas que reclamam têm conseguido receber de R$ 3 mil a R$ 10 Ler mais…

Servidor público: veja 7 cuidados ao contratar um empréstimo consignado

Antes de pedir um empréstimo consignado ou fazer um financiamento, o servidor público deve tomar alguns cuidados. Assim, você evita cair em golpes e armadilhas. Acompanhe os detalhes. O servidor público tem algumas facilidades nos bancos, incluindo o acesso aos créditos como cartão de crédito, empréstimos e financiamentos. No entanto, precisamos tomar alguns cuidados na hora de pedir esses limites para os bancos, financeiras e fintechs, em especial, quando tratamos do empréstimo consignado. De início, você deve analisar com calma as parcelas, Ler mais…

Banco Olé é condenado por descontos indevidos

A Justiça manteve a decisão que condenou o Banco Olé Bonsucesso Consignado S/A a pagar uma indenização, por danos morais em valor superior a R$ 6.000,00, em virtude da sucessivas cobranças, sem autorização, no contrachequede da autora. “Os descontos indevidos nos rendimentos do autor decorrentes de parcelas de empréstimos não contratados, configura dano moral indenizável, que nesse caso ocorre de forma presumida (in re ipsa), prescindindo assim de prova objetiva, mormente por se tratar de Ler mais…